Boa tarde pessoal, meu nome é Alessandro e a proposta deste vídeo é fazer um tabuleiro de damas adaptado às pessoas com deficiência visual. Eu vou utilizar materiais recicláveis facilmente encontrados em casa como papelão, EVA, cola quente ou pode ser cola branca (tenaz).

Tudo isso para que você possa construir isso durante a pandemia, pois poderá ter dificuldade em ter acesso a outros materiais.
A proposta do tabuleiro é mais ou menos assim (o projeto dele), mas não é nada complicado não, e está na descrição do vídeo, "Bora lá fazer?"

Materiais

Então pessoa, vocês precisarão de duas folhas de papelão com o tamanho de 25 por 25cm.
Qualquer caixa de papelão grandona serve. Vai lá e a recorte para que fique com 25 por 25.
Uma dessas folhas você vai deixar exatamente como está. A outra folha de papelão você terá que recortar conforme eu mostro aqui, veja o esquema anexado ao vídeo, tudo bem?
Perceba que você deverá que ter duas partes iguais aqui que vão medir 25 por 2,5cm e duas partes iguais que vão ter 20cm por 2,5cm, ok? O restante são todos quadrados de 2,5 por 2,5.

Montagem

Aqui agora, basicamente, usa-se a cola quente para colar essas partes no tabuleiro conforme está no projeto, ok? Eu avançarei o vídeo para ficar mais amigável para vocês enquanto eu monto essa etapa.

Vou começar a montar a base aqui. Usarei um quadradinho para ter como referência para todos os demais, veja? Então segue aí conforme mostro aqui no vídeo. Continuando o vídeo, pessoal, eu pretendia usar EVA, mas como não encontrei eu usarei os feltros, como eu fiz no jogo da velha. Aqui o redondo e o quadrado farão diferença para que o cego perceba.

Outra coisa importante e diminuir os quadradinhos de 2,5 por 2,5 para facilitar encaixá-los. Precisaremos de 12 peças para cada lado. Tire as beiradinhas e terá um quadrado um pouco menor que vai encaixar melhor aqui, certo?

“Bora lá” colocar o feltro em cada uma das peças!

Beleza, vamos lá então!

 

Alessandro Ledra Zagheni
Mestre em Engenharia Biomédica (UTFPR)

Tradução para Libras e edição do vídeo
Alexsander Pimentel
Doutorando no PPGTS - PUCPR

Apoio de filmagens em Libras
Luana Arrial Bastos
Mestranda no PPGTS - PUCPR